sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Do Carpinejar

Tantos textos guardados em casa... alguns completos, prontos para o crime... alguns intermináveis, cada dia complementados com suor, com amor... mas não me atrevo a postar ultimamente... Todavia, li este do Carpinejar e não hesito em publicar aqui, tamanha sua imponência, sua realidade devassada nas linhas diárias da vida de cada casal... Eis:
"Chega um momento em que a relação precisa quebrar os ovos. É bom estar preparado.

Será como o trabalho doméstico: transparente. Lava-se louça, roupa, estende, retira os vincos com ferro, limpa casa, recolhe o lixo, arruma os brinquedos e os filhos nem reparam que tudo está novamente no lugar e no armário, apesar da bagunça feita recentemente. É óbvio que não vão agradecer. É o que chamo de passado secreto. Aconteceu, mas não merece memória. Entretanto, a raiva fica: não fui valorizado e resta um desmemoriado mal-estar.

Minha namorada resolveu comer omelete. Ela já fez o prato outras vezes em seu apartamento.

Estava em casa e me antecipei na captura dos ingredientes, louco para agradá-la. Mas a minha menção de executar a tarefa a desagradou. Entenda, é o passado secreto. O ardiloso passado secreto. Com minha efusiva disposição, ela desconfiou de que não gostava de suas omeletes e que somente agora, decorrido um ano, estava com coragem de falar.

Raciocinei que significava uma informação dispensável, meu modo era dourar os dois lados e o dela era envelopar a massa ao final, mas ela tratava o assunto com tamanha energia que até me assustou.

- Quer que eu faça?
- Não gosta do jeito que faço?
- Gosto, é que eu mostraria minha predileção...
- Gosta nada, quem já fez omelete para você? Quer do jeito de quem? Confessa?
- De ninguém.
- Ora, vai nessa, qual é a receita? Com queijo ralado, requeijão, fatias? Por que nunca me disse que não gostava da minha omelete? Eu me sinto uma idiota...
- Eu gosto, só busquei uma maneira diferente.
- Que maneira?
(Daí eu me danei)

Levaremos mais tempo discutindo na tentativa de prevenir a discussão. A conversa durou duas horas. Duas horas sobre absolutamente nada, a não ser o medo do que não foi vivido junto. Se aliso seu umbigo, acreditará que repito um convite libidinoso com uma antiga namorada. Quanto mais a gente se entrega, maior é o pânico de estar sozinho na doação, de ser uma miragem afetiva. Tanto que após desfiar um "eu te amo tanto", não ouse nunca mais declarar "eu te amo" - é como se amasse menos.

O ciúme está dobrado em cada gesto, fazendo contas e pedindo estornos. Não há saída; passe manteiga na conversa, aqueça a frigideira e admire os ovos quebrados na pia.

Repare como o negócio é tinhoso. Durante as compras, no caixa, costumava perguntar se ela estava naquele momento com troco. Não falava dinheiro, mas troco. Uso troco para tudo. Para quê? Ela já formulou uma tese de que empregava o código com a ex. Igual sina em nossas rotas românticas. Relaxados, sozinhos e prontos para namorar, peço que ela me alcance o champanhe do balde: - Por favor, me passe a "champs"? “Champs”? Feito o entrevero. Usava também esse dialeto com a ex.

O grave é que ela tem razão. Só não desejava brigar, ainda mais quando não tenho defesa. Ela poderia ser mais justa e me dar tempo para preparar uma mentira." - Carpinejar

terça-feira, 12 de julho de 2011

"Lembranças, que lembrais meu bem passado 
Para que sinta mais o mal presente,  
Deixai-me, se quereis, viver contente,  
Não me deixeis morrer em tal estado  
Mas se também de tudo está ordenado
Viver, como se vê, tão descontente,
Venha, se vier, o bem por acidente,  
E dê a morte fim a meu cuidado.  
Que muito melhor é perder a vida, 
Perdendo-se as lembranças da memória, 
Pois fazem tanto dano ao pensamento.  
Assim que nada perde quem perdida
A esperança traz de sua glória,  
Se esta vida há-de ser sempre em tormento."
Luis de Camões

domingo, 22 de maio de 2011

Você pode fazer algo!


É normal que os seres vivos busquem o conforto, busquem uma vida perfeita, busquem a paz. Ao pensar em como conseguir isso, achei facilmente a solução... Todavia, a solução prática não resolve os problemas. Somente esconde medos, anseios, esconde tudo de baixo do tapete.

Complicado viver num lugar cheio de problemas, não? Complicado assistir o governo lançar medidas e mais medidas que sabemos não resolver o problema dos menos favorecidos. Complicado vivermos num lugar onde egressos do sistema penitenciário não têm a mínima chance de (re) socializar. Complicado viver num lugar onde os meios de comunicação em massa poluem as mentes fragilizadas e expõem a suposta falência da capacidade individualizada do pensar. Complicado ver bebês jogados no lixo, ver animais maltratados, circulando pelas ruas sem os devidos cuidados. Complicado ver hospitais superlotados enquanto impostos enchem os cofres públicos. Complicado viver num país onde a contrapartida vem na forma de bolsas (escola, família...).

E eu tenho a saída para tudo isso! Tenho a forma de sair desse círculo da sociedade submissa e viver na tão sonhada paz...onde eu teria minha casa, meu emprego, um transporte público de qualidade, onde não veria animais abandonados, mendigos, crianças usando drogas no meio das rua, pedindo em sinaleiras... nada disso existiria! E eu viveria em paz! Até o fim dos meus dias neste plano terrestre. Existe um lugar assim... não é somente um lugar...vários lugares são assim... onde poderia viver uma vida de paz...longe de misérias, longe de coisas que meu olhar alcança e que machucam meu coração.

Escrevo este texto ao som de Clair de Lune, que, a meu ver, é uma das mais belas músicas já compostas. Uma partitura suave e simultaneamente complexa. Suas notas inebriantes deixam a melodia crescer de forma que nos deixa num estado hipnótico. É assim que vejo a sociedade. Em uma eterna hipnose coletiva. Meios de comunicação em massa ditam regras e a sociedade as segue sem questioná-las. Ditam padrões comportamentais e estes são modelados constantemente. A música que seguimos, a melodia de nossas vidas é suave e complexa...assim como Clair de Lune... mas é também hipnótica. E assim fica mais fácil lidar com problemas, fica mais fácil fingir que não existem. Encerremos então nossos cérebros numa linda melodia, sem deixar que notas descompassadas quebrem os arquétipos sociais. Se você ouvir com sua alma, verá que a intensidade das notas tentam quebrar sua hipnose. Mas seu conforto não deixa.

Questiono-me onde está o crescimento. Questiono-me onde este conforto me leva... Questiono-me onde chegaremos se continuarmos dormindo e fingindo que nada acontece lá fora. Será que este sono será tranquilo? Será que na hora que resolvermos acordar, não será tarde demais?

Citei que é fácil fugirmos das misérias. Mas porque estamos onde estamos? Porque fomos colocados nesta família, nesta cidade, neste país? Porque temos a oportunidade de vivenciar isto tudo que vivenciamos? Para virarmos as costas? Não! Definitivamente, não! Minha existência tem uma função. Eu vivo aqui e é minha responsabilidade fazer as coisas mudarem! Não sou eu quem tenho que mudar de país. É o país que deve ser do jeito que quero, mais justo, mais solidário.

As pessoas ainda não descobriram seu potencial. A sociedade acredita que precisa de alguém ditando regras. A sociedade acredita que uma hora as coisas irão mudar, mas não tiram suas bundas da cadeira para agir em favor desta mudança. A sociedade acredita que o país ficará melhor...um dia... e aguardam que como num passe de mágica o dia amanheça diferente.

Pois os dias são iguais... repetição de ciclos, repetição de padrões. O dia não amanhecerá diferente se você não mudar. Bom cobrar de políticos. Belos discursos são vistos diariamente. Mas o que fazemos efetivamente para esta mudança? Eu não conseguiria pegar minhas malas e sair daqui simplesmente porque outro país me dá as exatas condições de vida que busco.

Tenho que fazer o meu aqui. Tenho que fazer com que este seja o lugar ideal para mim, para meus filhos, para minha família, para aquele que vive lá no sertão, para aquele que vive das bolsas-escambau, para aquele que vive nas margens.

Cobrar simplesmente do poder público já não é mais a solução. Nós somos o poder. Nós somos o lado forte da nação. Não é aquela meia-dúzia de políticos cretinos que vivem no Planalto Central que irão ditar como devemos viver. Não! Nós os colocamos lá! Nós detemos o poder de tirá-los de lá! Façamos. Acordemos do estado hipnótico. Devemos sair deste conforto das quatro paredes que nos envolvem em nossos lares. Tiremos a bunda da cadeira e façamos algo! Fui! Porque alguém precisa de mim lá fora! Alguém precisa de você lá fora! Já!





segunda-feira, 2 de maio de 2011

A Chave da Gratidão


“Você não tem como exercitar muito poder sem a gratidão, pois é a gratidão que lhe mantém conectado com o poder.” (Wallace Wattles, Autor do Novo Pensamento, 1860-1911). Sei de milhares de pessoas, nas piores situações imagináveis que mudaram suas vidas completamente através da gratidão. Sei dos milagres que têm ocorrido na área da saúde, onde parecia não haver nenhuma esperança: rins definhados que se regeneram, corações doentes que se curam, visão restaurada, tumores que desaparecem e ossos que crescem e se reconstroem. Sei de relacionamentos quebrados que foram transformados em magníficos através da gratidão: casamentos falidos completamente restaurados, membros familiares distantes reunidos, pais transformando relacionamentos com crianças e adolescentes, e professores transformando alunos. Tenho visto pessoas que estavam em pobreza completa se tornarem ricas através da gratidão: pessoas mudando negócios falidos e pessoas que se debateram com dinheiro durante todas as suas vidas criarem abundancia. Até alguém que saiu das ruas para ter um emprego e uma casa em uma semana. Conheço pessoas que estavam em depressão e se catapultaram para vidas felizes e plenas através da gratidão. Pessoas que sofriam de ansiedade e todo tipo de doença mental restauraram-se para a saúde mental perfeita através da gratidão. Cada único salvador do mundo usou a gratidão, pois todos eles sabiam que a gratidão é uma das mais altas expressões de amor. Eles sabiam que quando estavam gratos, estavam vivendo em acordo exato com a lei. Por que você acha que Jesus disse ‘obrigado’ antes de executar cada milagre? Toda vez que você se sente grato, você está dando amor, e qualquer coisa que você dá, você recebe. Esteja você agradecendo a uma pessoa ou se sentindo grato por um carro, pelas férias, por um pôr do sol, um presente, uma nova casa, ou um evento excitante, você está dando amor por estas coisas, e você receberá de volta mais alegria, mais saúde, mais dinheiro, mais experiencias surpreendentes, mais relacionamentos incríveis, mais oportunidades. Tente isso agora. Pense em algo ou alguém pelo qual você é grato. Você pode escolher a pessoa que você mais ama do que tudo no mundo. Foque-se nesta pessoa e pense sobre todas as coisas que você ama e pelas quais você é grato sobre essa pessoa. Então, em sua mente, ou em alto som, diga a essa pessoa todas as coisas que você ama e pela qual é grato em relação a ela, como se ela estivesse aí com você. Diga a ela todas as razoes pelas quais você a ama. Você pode evocar certos exemplos particulares ou momentos, dizendo “lembra-se do dia quando...” Quando você estiver fazendo isso, sinta  a gratidão começar a preencher seu coração e corpo. O amor que você deu nesse exercício simples deve e irá retornar para você no  relacionamento e em toda sua vida. É assim que é fácil dar amor através da gratidão. Albert Einstein foi um dos maiores cientistas que já viveram. Suas descobertas mudaram completamente o modo como vemos o universo, e quando questionado sobre suas monumentais realizações, Einstein falou apenas sobre agradecer aos outros. Uma das mentes mais brilhantes que já viveram agradecia aos outros pelo que eles deram a ele – uma centena de vezes por dia! Isso significa que ao menos cem vezes por dia, Einstein dava amor. Não é de admirar que a vida tenha revelado tantos de seus mistérios a Albert Einstein? “Centenas de vezes, todos os dias, eu me recordo que minha vida interior e exterior dependem do trabalho de outros homens, vivos e mortos, portanto devo esforçar-me para retribuir na mesma medida aquilo que recebi e continuo recebendo.”(Albert Einstein, Nobel em Fisica, 1879-1955). Gratidão, a Grande Multiplicadora. Quando você é grato pelas coisas que tem, não importam quão pequenas elas possam ser, você receberá mais destas coisas. Se você está grato pelo dinheiro que você tem, independente de ser pouco, você receberá mais dinheiro. Se você está grato por um relacionamento, mesmo que ele não seja perfeito, o relacionamento ficará melhor. Se você está grato pelo emprego que você tem, mesmo que não seja o trabalho de seus sonhos, você receberá melhores oportunidades em seu trabalho. Pois a gratidão é a grande multiplicadora da vida! "Se a única oração que você disser em sua vida toda for “agradeço” – é o bastante”(Meister Eckhart, Escritor Cristão e Teólogo, 1260-1328). A gratidão começa com duas palavras simples – muito obrigado -, mas você tem que sentir gratidão com todo seu coração. Quanto mais você começa a dizer “muito obrigado”, mais você sentirá e mais amor você dará. Há tres maneiras de usar o poder da gratidão em sua vida, e cada uma delas é dar amor: 1. Seja grato por tudo que você recebeu em sua vida (passado). 2. Seja grato por tudo que você está recebendo em sua vida (presente). 3. Seja grato pelo que você quer em sua vida, como se tivesse recebido (futuro). Se você não for grato pelo que recebeu e o que você está recebendo, você não está dando amor, e não tem o poder de mudar nada em suas circunstancias atuais. Quando você diz ‘agradeço’ pelo que recebeu e pelo que continua recebendo, isso multiplica estas coisas. Ao mesmo tempo, a gratidão lhe traz o que você quer! Seja grato pelo que você quer em sua vida, como se tivesse recebido, e a lei da atração diz que você tem que receber aquilo. Você pode imaginar que algo tão simples quanto ser grato pode multiplicar tudo que você ama e mudar completamente sua vida? Um homem divorciado, solitário, deprimido, e trabalhando num emprego que ele odiava, começou a praticar amor e gratidão todos os dias para mudar sua vida. Ele começou sendo positivo com todos com quem ele conversava durante o dia. Quando ele chamava a família e velhos amigos, ele os chocava com quão positivo e feliz ele estava. Ele começou a ser grato pro tudo que tinha, até pela água corrente. Eis o que aconteceu à vida dele em 120 dias: tudo o que ele odiava em relação ao emprego mudou milagrosamente, e agora ele ama seu trabalho. Seu trabalho até o leva a lugares que ele sempre quis visitar. Ele tem a melhor das relações com todos os membros de sua família, algo que ele nunca teve antes. Ele quitou seu carro e sempre tem o dinheiro que precisa. Ele tem bons dias e não importa o que esteja acontecendo. E ele está casado novamente – com sua primeira namorada do primeiro ano colegial! “A gratidão pela abundancia que você recebeu é o melhor seguro de que a abundancia continuará.”(Maomé, Fundador do Islamismo, 570-632). Se você usar um pouquinho de gratidão, sua vida mudará um pouquinho. Se você usar bastante gratidão a cada dia, sua vida mudará de maneiras que você mal pode imaginar agora. A gratidão não apenas multiplica tudo em sua vida, ela também elimina as coisas negativas. Não importa que situação negativa você possa se encontrar, você sempre pode encontrar algo pelo qual ser grato, e quando você faz isso você aproveita a força do amor que elimina a negatividade.  A gratidão é a ponte para o amor "Se ficarmos tranquilos e dispostos o bastante, podemos encontrar compensação em cada desapontamento."(Henry David Thoreau, Autor transcendentalista, 1817-1862). A gratidão levou minha mãe da mais profunda tristeza à felicidade. Minha mãe e meu pai se apaixonaram um pelo outro praticamente à primeira vista, e tiveram o mais bonito romance e casamento que já vi. Quando meu pai faleceu, minha mãe sofreu uma tristeza enorme, pois sentia muita falta de meu pai. Mas no meio de sua tristeza e dor, minha mãe começou a buscar por coisas pelas quais ser grata. Mais do que ser grata por tudo que tinha recebido de décadas de amor e felicidade com meu pai, ela buscava por coisas pelas quais ser grata no futuro. A primeira coisa que ela encontrou pela qual ser grata foi que agora ela podia viajar. Viajar era algo que minha mãe sempre quis fazer, mas não fazia quando meu pai era vivo porque ele nunca queria viajar. Minha mãe realizou seu sonho; ela viajava, e fez tantas outras coisas que ela sempre tinha desejado fazer. A gratidão foi a ponte que tirou minha mãe de seu imenso pesar para a construção de uma nova vida de felicidade. É impossível sentir-se triste ou ter qualquer sentimento negativo quando você é grato. Se você está no meio de uma situação difícil, busque por coisas pelas quais ser grato. Quando você encontrar uma coisa, então procure por outra, e então por outra, pois cada única coisa que você procura pela qual ser grato muda a situação. A gratidão é a ponte dos sentimentos negativos para o aproveitamento da força do amor!" A gratidão é uma vacina, um antídoto, e um anti-séptico."John Henry Jowett, Pastor Presbiteriano e Escritor, 1864-1923). Quando qualquer coisa de boa lhe acontecer em seu dia, diga “muito obrigado”. Não importa quão pequenino seja, diga “obrigado”. Quando você achar o espaço perfeito para estacionar, estiver escutando sua música favorita no rádio, chegar no semáforo e encontrar a luz verde para você, ou encontrar um assento vazio no ônibus, diga ‘muito obrigado’. Tudo isso são coisas boas que você está recebendo da vida. Agradeça por seus sentidos: seus olhos que vêem, seus ouvidos que escutam, sua boca que saboreia, seu nariz que cheira, e sua pele que lhe permite sentir. Agradeça pelas pernas com as quais você anda, suas mãos que você usa para fazer praticamente tudo, sua voz que lhe capacita a se expressar e se comunicar como os outros. Agradeça pelo surpreendente sistema imunológico que lhe mantém bem ou que lhe cura, e por todos os órgãos que mantêm seu corpo imaculadamente de maneira que você possa viver. Agradeça pela magnificência de sua mente humana que nenhuma tecnologia computacional no mundo pode duplicar. Todo o seu corpo é o melhor laboratório no planeta, e não há nada que possa se aproximar para replicar sua magnificência. Você é um milagre!Agradeça por sua casa, sua família, seus amigos, seu trabalho e seus bichinhos de estimação. Agradeça pelo sol, pela agua que você bebe, pela comida que você come, e pelo ar que você respira; sem tudo isso você não estaria vivo. Agradeça pelas árvores, pelos animais, pelos oceanos, pelos pássaros, pelas flores, pelas plantas, pelo céu azul, pela chuva, pelas estrelas, pela lua e nosso lindo planeta. Agradeça pelo transporte que você usa todo dia. Agradeça por todas as empresas que lhe prove serviços essenciais de modo que você possa ter uma vida confortável. Tantos seres humanos trabalharam e suaram de forma que você pode virar uma torneira e ter água fresca. Tantos seres humanos deram suas vidas de trabalho de maneira que você possa apertar um interruptor e ter luz elétrica. Pense na magnitude dos seres humanos que se escravizavam diariamente, anualmente, para lançar as trilhas de trem por todo o nosso planeta. E é quase impossível imaginar a quantidade de pessoas que  fizeram o árduo trabalho de construir as estradas nas quais dirigimos de maneira a formar uma rede de ligação de vida para o mundo. “Na vida comum dificilmente percebemos que recebemos  muito mais do que damos, e é apenas com gratidão que a vida se torna rica.”(Dietrich Bonhoeffer, Pastor Luterano, 1906-1945). Para usar o poder da gratidão, pratique-o. Quanto mais você sente gratidão, mais amor você dá; e quanto mais amor você dá, mais você recebe. Você é grato por sua saúde quando ela está boa? Ou você apenas percebe sua saúde quando seu corpo fica doente ou dói? Você é grato quando tem uma boa noite de sono? Ou tem estas noites por garantidas e apenas pensa no sono quando é privado dele? Você é grato pelos que ama quando tudo está indo bem ou apenas fala sobre seus relacionamentos quando há problemas? Você é grato pela eletricidade quando usa um aparelho elétrico ou quando apertar um interruptor? Ou apenas pensa na eletricidade quando a fica sem energia elétrica? Você é grato por estar vivo a cada dia? Cada mínimo segundo é uma oportunidade de estar grato e multiplicar as coisas que você ama. Eu costumava pensar que era uma pessoa grata, mas não sabia o que realmente era gratidão até que comecei a praticá-la. Cada segundo de reposição é uma oportunidade para ser grato e multiplicar as coisas que gosta. Eu costumava pensar que eu era grato, mas eu não sabia o que era realmente gratidão até praticar. Se estou dirigindo ou caminhando uso o tempo para dar graças por por tudo na vida. Mesmo andando da cozinha para o quarto, dou graças. Com meu coração eu digo “Obrigada por minha vida. Obrigada pela harmonia. Obrigada pela alegria. Obrigada por minha saúde. Obrigada pela diversão e emoção, obrigada pelo milagre da vida. Obrigada por tudo de maravilhoso e bom em minha vida.” Seja grato! A gratidão não lhe custa nada, mas vale mais do que todas as riquezas do mundo. A gratidão enriquece você com todas as riquezas da vida, pois qualquer coisa pela qual você é grato se multiplica!" Trecho do livro O Poder.

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Te sinto... sinto saudade...



Fecho os olhos e posso sentir teu toque, teu cheiro... posso ouvir tua voz, posso ver teu olhar desvendando meus pensamentos... e tenho vergonha... morro de vergonha quando você me olha daquele jeito, pois você não me deixa esconder nada, você faz eu contar tudo, você faz eu dizer o quanto te quero, o quanto amo, o quanto sinto tua falta, tudo assim, de uma vez só... e isso só porque você me faz feliz assim também... feliz de uma vez só... feliz sempre! As vezes eu fico como uma boba lembrando de certos momentos, e dou risada sozinha no meio da rua... é assim, é assim que eu me sinto, você sabia? Você consegue se sentir assim também?
Pouco tempo... e já dá muita saudade... uma hora, um dia...alguns dias... não importa... porque no momento seguinte que a gente se despede, eu já começo a contar novamente os minutos para estarmos juntos. Fico aqui explodindo de amor, louca para te dar carinho, mexer no teu cabelo, te bagunçar todo, te beijar, te olhar, te beijar de novo e de novo... minha inspiração...

quinta-feira, 21 de abril de 2011

quarta-feira, 20 de abril de 2011


"Nosso medo mais profundo, não é de que sejamos inadequados. Nosso medo mais profundo, é que sejamos poderosos demais. É a nossa luz, não nossa escuridão que mais nos assusta. Nós nos perguntamos. "Quem sou eu para ser brilhante, alegre, talentoso e fabuloso?"Na verdade, quem é você para não ser? Você é um filho de Deus. Fazer menos do que você pode não serve para o mundo. Não há luminoso no fato de você se encolher para que outras pessoas se sintam inseguras com você. Nós nascemos para manifestar a glória de Deus que está dentro de nós. Ela está não só em alguns de nós, está em todos nós. E a medida que deixamos nossa própria luz brilhar, nós inconscientemente damos permissão aos outros para fazerem o mesmo. À medida que nós nos libertamos do nosso medo, nossa presença automaticamente liberta outros." Nelson Mandela - 1994

A Matemática dos Amantes - por Gabito Nunes

Pessoal, este texto é do Gabito Nunes e está lá no blog dele:  http://blog.carascomoeu.com.br/
Posto aqui, pois achei genial! Se gostarem, passem lá no blog dele! Tem muita coisa boa!
Beijooo, Amanda.


A MATEMÁTICA DOS AMANTES
"Às vezes fica difícil conciliar gostar de alguém com nossas fases da vida. Os planos de viajar e estudar em Orlando, Marselha ou Dubai, a alta e quente temporada com toda sua curtição e ressaca, o rompimento de um namoro de dois anos, há quinze dias. Tudo desculpa contra o amor e sua impontualidade, que continuamente estorva caminhos e desvia rotas. Então deixa pra depois. O amor pode esperar, certo?
Certo para você que é daqueles que não aprenderam a acepção do amor. Penso, logo não sinto, não vivo, não amo. Em cartaz, o complexo de Romeu e Julieta. Sua afeição é pelas experiências plásticas, pelas projeções enganosas. Apaixona-se por estar apaixonado, por estar namorando, pela virtuose de amar. Mas no fundo não gosta de ninguém, desconhece que amar é dividir, aceitar, ceder, adorar e o mais importante: deixá-lo acontecer. O amor é maior que você, logo dá as cartas e a gente obedece prestando reverência subalterna. Amém. Do contrário, ele passa a vez aos mais interessados. Sai sem dizer que hora volta.
Seu objeto de amor, ou melhor suas conjunções favoritas são o “mas”, o “porém”, o “contudo”. Feitas para acomodar palavras dentro de frases e desagrupar pessoas nas situações impostas pelo acaso ou destino, conforme crença. Eu gosto dela, mas ela ouve Rio Negro e Solimões a 50 decibéis. Eu amo ele, porém o desgraçado mora em Horizontina e eu em Porto Alegre. Sou apaixonado por ela, contudo tenho uma noiva legalzinha. Ora, ninguém ama alguém por gosto musical, divisas ou estado civil. São apenas balizas ou breves empecilhos. O “se” é uma boa e educada maneira de dizer a verdade. A pessoa simplesmente não está a fim de você.
Quem ama cuida, quem gosta quer estar perto, quem adora sabe que amor é verbo e não substantivo, é uma aventura diária carnal e emocional, não uma moldura bonita e pertinente a enfeitar as paredes da sua vida. Amor é manco de gramática, sendo quase tão certo quanto matemática, entretanto não aceitando resultados inexatos, com vírgula ou aposto. Todo pormenor a dividir duas pessoas deve levar nas costas qualquer nome. Amizade, capricho, tico-tico-no-fubá, quiproquó, pirraça, o que for. Menos amor.
A razão de amar é simples. Um e um são dois. Eu te amo + eu te quero = dou um jeito de ficar contigo. Dou jeito de andar do seu lado, de dividir tempo, cheiro, edredom, banheiro e melancia. A razão dos amantes não calcula-se no papel, na ponta do lápis. Sim no viver, sim no sentir. O amor existe no calor da iminência, do arredor, do tato e do contato. A frieza do resto, embora lembre um pouco amor, na real é qualquer bobagem." - Gabito Nunes

terça-feira, 19 de abril de 2011



Toca meus lábios como se fossem algodão a acariciar tua face. Algodão doce. Doce luz, doce toque.
Meus dedos acariciarão teus cabelos e se sentirá flutuando... então, deixe-se guiar no compasso da minha melodia... deixa tuas mãos deslizarem pelo meu corpo como se eu fosse teu instrumento... quero viver os acordes desta vida junto com você. Faz eu me sentir a única e eu te faço meu rei. Faz declarações à luz da lua, que eu te dou o sol. Mostra o caminho das estrelas, que eu te levo até elas. Diz que o encaixe é perfeito... eu posso sentir. Atua no meu palco, somos protagonistas deste amor!

Vi o amor...



Hoje vi o amor. Ele estava ali parado, com uma cartinha na mão. Uma cartinha em um envelope feito à mão. Nela havia um coração desenhado caprichosamente e tão puramente quanto aquele próprio amor. Quando aberta a carta, visualizava-se os nomes dos felizardos amantes com a inscrição “para sempre”.
Aquilo me tocou demais. Me emocionei na frente de um monte de gente. Acreditei novamente num amor puro, num amor de almas, num amor que não tem vaidades. Amor por amor. E eu estava vendo isso na minha frente. Amor de criança. Amor que só quer amar e ver sorrir. Senti uma força. Revigorei no sentimento. Só desejei que fosse eterno enquanto durasse.

segunda-feira, 18 de abril de 2011


"Se você quer ser feliz, não case. Mas se você quiser fazer alguém feliz, então case, pois duas pessoas com esta filosofia contribuirão uma com a felicidade da outra."

E o mundo está cheio de homens que esperam por mulheres que esperam por outros homens que esperam por outras mulheres...

sábado, 16 de abril de 2011


"Que o caminho seja brando a teus pés,

o vento sopre leve em teus ombros.

Que o sol brilhe cálido sobre tua face,

as chuvas caiam serenas em teus campos.

E até que eu de novo te veja,

que os Deuses te guardem nas palmas das Suas mãos"

(benção irlandesa)

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Quero...


Hoje eu quero ver as coisas mais belas, hoje eu quero sentir a brisa da manhã e o perfume das flores. Quero sentir o outono tocando meus cabelos e abrir os braços para liberdade. Quero saber que você está aqui. Posso ficar longe, posso me afastar, ou ao menos tentar, mas você tem um imã que não deixa meu corpo nem minha alma se soltarem demais.
E eu amo isso, amo que você me socorre do meu próprio abismo. Amo que mesmo eu entendendo tudo diferente as vezes, você vem com toda sua paciência e arranca minha rebeldia com as palavras doces e exatas que você sabe dizer. Quantas vezes teus ombros já seguraram minhas lágrimas?
Não há garantias... o planejado sempre foi esse. Contratos nada garantem, palavras são só palavras...palavras que eu amo te dizer, ali nos teus olhos, nos teus ouvidos, te beijando, mas que sabemos não serem promessas... pois sabemos também que as únicas promessas que valem a pena serem cumpridas são aquelas que garantem o riso nos nossos lábios, o sorriso nos nossos corações e a vontade de andar de mãos dadas. Coisas que fazem a gente querer ficar lado a lado e ir mais além.


quarta-feira, 6 de abril de 2011


Você é lindo. Você é uma surpresa. Tem o olhar mais doce, o sorriso mais gostoso... O cabelo mais delicioso de acariciar. Você é uma sobremesa. Você é o cheiro que gosto de sentir. Você tem o toque que meu corpo gosta. Você é o tipo certo de cara errado. Você está aqui.
Você é a volta pra casa; você é o começo, o meio e o final feliz. Você é a música que ecoa nos meus ouvidos; você é a trilha sonora. Você traz as asas que me fazem voar. Você é meu paraquedas quando decido me jogar sem nem olhar para lugar algum.
Você tem os braços que se encaixam perfeitamente ao redor de meu corpo e um abraço que faz eu esquecer do resto, simplesmente porque você está aqui.
Você é maravilhoso por dentro e por fora. Admirável. Você me aguenta, você me mostra o que está diante de meu nariz e eu, teimosa, demoro a enxergar. Você segura a onda. E eu mergulho de cabeça!



Amor...carinho!


Amor e carinho. Duas coisas que, ao meu ver, andam juntas, de mãos dadas. O dizer amor, hoje, pouco importa visto a quantidade abundante de palavras jogadas ao vento. São cada vez mais comuns as tais juras de amor. Promessas feitas ao pé do ouvido que nunca se realizarão. Eis que vagas, perdulárias, baseadas em vaidades.
Amor e afeto se demonstram. Se mostram diariamente na convivência. Mesmo quem mora longe sempre dá um jeitinho da pessoa amada saber, perceber, a existência daquele amor.
E aquilo que os casais que moram longe mais sentem falta é do toque.
Sentir é necessário. Pelo menos para nós, humanos encarnados, sentir é necessário. A mim, em particular, o toque me transmite segurança. Porque a criança se sente segura em somente pegar na mão do pai ou da mãe antes de dormir quando tem medo do escuro? Tocar nas mãos dos pais vai trazer a claridade? Não, isso traz a segurança que a criança busca, pois é naquelas mãos ali que ela confia cegamente.
Porque as pessoas se abraçam? Para sentir, para troca de energia, para demonstrar carinho. Demonstrar!
Se tudo o que as pessoas precisam é de carícias e reconhecimento, porque negaríamos isso a elas?
Acho que ainda é a maneira mais legal de demonstrar carinho, de mostrar que tem alguém ali com quem a pessoa pode contar. Além do toque como forma de carinho, como forma de demonstrar afeto, você pode escrever bilhetinhos, gravar um CD com as músicas que a pessoa gosta (se ela gosta de milhões de músicas, um CD com aquelas músicas especiais seria legal), fazer um bolo também é uma demonstração de carinho, uma mensagem de bom dia...bom almoço...boa noite... bom o que for... são demonstrações de afeto de como quem diz: “Você existe e eu me importo com você”.





terça-feira, 5 de abril de 2011

 
 
"Não quero tua beleza
Quero teu avesso
Não quero tua fala
Quero o pensamento
Não quero tua poesia
Quero tua verdade
Quero tua alma descendo do salto
Tuas metáforas jogadas no ralo
Tua lógica bagunçada, afogada, liberta
Te quero óbvio, literal, entregue
Raso porque aberto, desvelado,humano
Quero tua essência violentada com tanta nudez
Te quero gritando
Te quero sendo
Te quero
Te espero
Vem"
 
Carol Teixeira

quinta-feira, 31 de março de 2011

 
 
Vai menina, fecha os olhos. Solta os cabelos. Joga com a vida. Mergulha no que te dá vontade. Que a vida não espera por você. Abraça o que te faz sorrir. Promessas, vão e vem. Planos, se desfazem. Regras, você as dita. Palavras, o vento leva. Distância, só existe pra quem quer. Sonhos, se realizam, ou não. E o que importa menina. É o quão isso te faz feliz. E só ! 
- Caio Fernando Abreu -

terça-feira, 29 de março de 2011

só parece


Parecia sonho, parecia realidade
Parecia mentira o que era de verdade

segunda-feira, 28 de março de 2011

Sintomas de saudade...


"Eu só quero que você saiba
Que estou pensando em você
Agora e sempre mais
Eu só quero que você ouça
A canção que eu fiz pra dizer
Que eu te adoro cada vez mais
E que eu te quero sempre em paz

Tô com sintomas de saudade
Tô pensando em você
E como eu te quero tanto bem
Aonde for não quero dor
Eu tomo conta de você
Mas te quero livre também
Como o tempo vai e o vento vem

Eu só quero que você caiba
No meu colo
Porque eu te adoro cada vez mais
Eu só quero que você siga
Para onde quiser
Que eu não vou ficar muito atrás

Tô com sintomas de saudade
Tô pensando em você
E como eu te quero tanto bem
Aonde for não quero dor
Eu tomo conta de você
Mas te quero livre também
Como o tempo vai e o vento vem

Eu só quero que você saiba
Que estou pensando em você
Mas te quero livre também
Como o tempo vai e o vento vem
E que eu te quero livre também
Como o tempo vai e o vento vem"
Marisa Monte

Carta a uma amiga!


Não é nada fácil, sei disso. Difícil é também achar palavras para te deixar melhor. Você que sempre foi borboleta, volta ao casulo...e tem que se transformar novamente.
Sabe aquelas coisas que a gente sabe, mas não entende? Sabe aquilo tudo que entendemos quando é na vida dos outros, mas quando acontece com a gente ficamos sem rumo? É assim que eu imagino.
Na realidade você sabe o rumo. Está dentro de você, no seu coração. É só aprender a ouvi-lo. Fique com você um instante, ouça o teu silêncio, ouça tua respiração, sinta quem você é, sinta tua essência e a magnitude de ser quem é. Você é filha do Pai, o que poderá te acontecer? Veja as flores a sua volta, veja o quanto é amada. Perceba os presentes que Deus te dá a cada dia. Tudo é efêmero, você é eterna.
A gente sempre tem algo a aprender e algo a ensinar. Uma vez me ensinaram sobre ser filha de Deus. Uma vez me falaram sobre ter consciência disso e não apenas falar isso da boca pra fora. Ser filha de Deus é, sobretudo, acreditar. Ter fé. Aqui nesta vida, encarnados, devemos absorver as escolhas da melhor forma possível, ou seja, devemos ter a fé que faz com que entendamos o motivo de cada fato em nossas vidas. Só assim saberemos atravessar cada ponte para o dia de amanhã. Só assim saberemos enfrentar “problemas” como “fatos”. Posso valorar de acordo com minhas intenções.
Você é luz, é linda, é flor, é alegria que contagia...porque mudaria?
Lembre-se: tudo é efêmero, exceto você!
Como eu te disse semana passada, tudo se transforma conforme a maneira que você encara os fatos. Leve isto de forma leve, com fé e amor no coração.
Conte sempre comigo! Amo você!

quinta-feira, 24 de março de 2011

Sonho

 
"Sendo branco, lutar ao lado do Movimento Negro para superar a supremacia branca; 
Sendo homem, buscar com as mulheres afastar a dominação pelo gênero;
Sendo heterossexual, ter a companhia dos GLBT(S) na caminhada contra a homofobia.
E assim estar junto com todos os combatentes sociais contra toda a forma de opressão e desigualdade."
Rui Portanova

domingo, 20 de março de 2011

John Mayer - Daughters



"Eu conheço uma menina
Que põe cor dentro do meu mundo
Mas é como um labirinto
Onde todas as paredes mudam continuamente
Eu fiz tudo que eu posso
Para seguir as etapas com meu coração em minhas mãos
Agora eu estou começando ver
Talvez não tenha nada a ver comigo
Pais, sejam bons com suas filhas,
As filhas os amarão como vocês as amam,
Meninas se tornam amantes e depois mães
Então mães, sejam boas com suas filhas também
Ah, você vê essa pele?
É a mesma pessoa que está dentro
Desde o dia que o viu indo embora
Agora está largada
Limpando a confusão/bagunça que ele fez
Então pais, sejam bons com suas filhas,
As filhas os amarão como vocês as amam,
Meninas se tornam amantes e depois mães
Então mães, sejam boas com suas filhas também
Com meninos você pode terminar
Você verá o quanto eles aguentam
Os meninos serão fortes
Serão soldados
Mas nunca conseguirão
viver sem o calor
do coração de uma mulher,
Em nome de cada homem
Que cuida de cada menina
Você será o deus e o peso do mundo delas
Então pais, sejam bons com suas filhas,
As filhas os amarão como vocês as amam,
Meninas se tornam amantes e depois mães
Então mães, sejam boas com suas filhas também"

sábado, 5 de março de 2011

"Por muito tempo eu pensei que minha vida fosse se tornar uma vida de verdade. Mas sempre havia um obstáculo no caminho; algo a ser ultrapassado antes de começar a viver, um trabalho não terminado, uma conta a ser paga... Aí sim, a vida de verdade começaria.
Por fim, cheguei à conclusão de que esses obstáculos eram a minha vida de verdade. Essa perspectiva tem me ajudado a ver que não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho!
Assim, aproveite todos os momentos que você tem e aproveite-os mais se você tem alguém especial para compartilhar. Especial o suficiente para passar seu tempo. E lembre-se que o tempo não espera ninguém.
Portanto, pare de esperar!
Pare de esperar que você termine a faculdade;
até que você volte para a faculdade; 
até que você perca 5 quilos;
até que você ganhe 5 quilos;
até que você tenha filhos;
até que seus filhos saiam de casa;
até que você se case;
até que você se divorcie;
até sexta à noite;
até segunda de manhã;
até que você tenha comprado um carro ou uma casa nova;
até que seu carro ou sua casa tenham sido pagos;
até o próximo verão, outono ou inverno;
até que você se aposente;
até que sua música toque;
até que você tenha terminado seu drinque;
até que você esteja sóbrio de novo;
até que você morra...
E decida que não há hora melhor para ser feliz do que agora mesmo.
Lembre-se: Felicidade é uma viagem, e não um destino!"
 HENFIL

terça-feira, 1 de março de 2011

Hoje eu acordei com aquela preguicinha gostosa, me rolei na cama, senti o toque dos lençóis despertando de leve meus sentidos para um novo dia. Fui até a cozinha, tomei café e voltei a me deitar. Ele estava ali na cama, de bruços, como gosta de dormir. O homem mais lindo que já vi em minha vida. Sensível, amável, inteligente... Deitei ali do seu lado olhando a luminosidade pela fresta da cortina. Ele não se moveu. Era como se um de nós dois não estivesse ali.
Então aqueles pensamentos povoam minha mente...as vezes de forma insensata, as vezes de forma realista mas com todas as pitadas dos meus sonhos mais deliciosos, mais doces... é como se o sol brilhasse intensamente só para me abençoar.
Todas as coisas que ele me fala ao pé do ouvido (ou todas as coisas que ele me falaria), todos os abraços apertados, os beijos intermináveis no carro, na beira da praia, na cama, no aeroporto, nas despedidas... os poucos dias sem nos vermos já geravam uma saudade imensa... E tudo isso que rodava em minha cabeça transbordava pelo coração, pois ele me encantava, sempre me encantou, desde a primeira vez que o vi...
Ele estando aqui pertinho de mim ou longe, não interessa, o encantamento permanece... e cresce!

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Ciclos...

As vezes as coisas não parecem muito justas. Mas o universo trabalha de forma que tudo ande em perfeita sincronia. Nós é que precisamos, as vezes, ajustar nossos botões e aguçar nossa perceptividade a fim de captar o que a vida quer nos dizer.
Somos donos do nosso destino? Talvez... Mas creio que não somos donos de quase nada. Até do nosso corpo somos inquilinos, ou melhor, temos a posse e não a propriedade. E se não cuidarmos bem dele, depois vem a conta por danos materiais, se não cuidarmos bem do nosso espírito, depois vem a conta por danos morais.
Mas enfim, o que quero dizer é que, embora possamos pensar que temos a ciência do que é melhor para nossas vidas, estamos enganados. Pode demorar mais ou pode ser que as respostas venham mais rápido, mas a verdade é que as certezas se quebram e as palavras, por mais fortes que pareçam, as vezes dissolvem-se no tempo (não sem antes deixarem um rastro de marcas em corações alheios).
Somos humanos, não somos perfeitos, mas sim perfectíveis. Erramos dia após dia, os erros permeiam nossas vidas tanto aqui neste plano como noutros mais sutis. Todavia, por termos como característica o egoísmo, acabamos por valorar muito mais os erros dos outros. E todos nós somos assim. Quando percebemos nosso erro, dependemos da capacidade de perdão do outro. E isto é um ciclo.
Tem marcas que são difíceis de apagar. Você as vezes acredita que não estão mais ali, mas como as coisas se repetem, você acaba por verificar que ainda existe uma mágoa e não sabe o que fazer para se livrar dela.
Você ouve discursos lindos de amor, de compaixão, de altruísmo, mas a mão que afaga é a mão que mata. E você está morta. E agora? Como ressucitar (novamente)?

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Michael Bublé - " Everything " Legendado


Você é uma estrela cadente, você é o carro da fuga
Você é a linha na areia quando eu vou longe demais
Você é a piscina num dia de agosto
E você é a coisa perfeita para se dizer
E você se faz de tímida, e é meio que engraçadinho
Oh, quando você sorri para mim, você sabe exatamente o que faz
Querida, não finja que você não sabe que é verdade
Porque você vê quando eu olho para você
E nessa vida louca, e por esses tempos malucos
É você, É você, Você me faz cantar
Você é cada frase, Você é cada palavra, Você é tudo
Você é um carrossel, você é um poço dos desejos
E você me ilumina, quando lembro de você
Você é um mistério, você é do espaço sideral
Você é cada minuto do meu cada dia
E eu não posso acreditar que sou seu homem
E eu te beijo meu amor só porque eu posso
O que quer que venha no nosso caminho nós perceberemos
E você sabe que é isso que nosso amor pode fazer
E nessa vida louca, e por esses tempos malucos
É você, É você, Você me faz cantar
Você é cada frase, Você é cada palavra, Você é tudo
So lalalalalalala
So lalalalalalala
E nessa vida louca e por esses tempos malucos
É você, É você, Você me faz cantar
Você é cada frase, Você é cada palavra, Você é tudo
Você é cada canção, E eu continuo a cantar
Porque você é meu tudo
Yeah, Yeah
So lalalalalalala
So lalalalalalala

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Sede...




Quantas vezes ainda terei que te acordar? Quantas vezes terei que trazer à tona meus suspiros para que você perceba a realeza de meus sentimentos?
Não é assim, não. Não é assim que se sonha...
Os melhores sonhos são aqueles nos quais estamos com os olhos bem abertos... de preferência olhos nos olhos... pois quando nossos olhares se cruzam, o coração acelera e pede mais, e faz minha boca sentir sede de você; sede saciada pelo teu beijo, beijo que dá mais sede e sede que pede você... mão na nuca, pele na pele, cabelo caindo ao lado e você me puxando pela cintura, me pedindo para ser sua mais uma vez...

Portas abertas


Depois de deixar o carro na garagem, ela entra e olha a bagunça...
-Isto está mesmo um caos... e já está mais do que na hora de colocar ordem aqui.

Quando estava tudo nos seus devidos lugares, se deu conta de que faltava algo. Faltava o mais importante...

Eis que...
[Toc, toc, toc...]
Ela abriu a porta e disse com um largo sorriso:
-Pode entrar...a casa é sua!

E por um instante se perguntou: - Como assim? O que está fazendo sua maluca? Oferecendo novamente as chaves assim?

Não... Desta vez disse que poderia entrar, mas as chaves ficam comigo!

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011



Mesmo que suas asas se quebrem ou se firam, se tiver alguém q saiba cuidar, você sempre voltará a voar!!!!

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011



Triste... triste como passarinho sem asa...
Me sinto abafada, como se algo quisesse me tirar o ar. Aos poucos vai arrancando pedaços do meu coração e as lágrimas vertem pela minha face como se tentassem lavar a alma desta dor...esta dor que é sua, que é minha.




Olho o sol...alimento minha alma todos os dias, mas quisera eu saciar essa minha fome...essa fome de viver, de te ver, de te ter... Eu fecho os olhos e sinto teu gosto, teu cheiro...
As vezes queria arrancar de mim esse romantismo patético, esse exagero de sentimentalismo, essa vontade de jogar o buquê na beira da praia a quem lá estiver para presenciar cenas do nosso amor...
Quisera eu conseguir abstrair sonhos...mas quem vive sem amor?
Sou daquelas que ainda amam carícias sem hora, sorvete na calçada, declaração, flores sem motivo, ou melhor, com o maior motivo de todos: o “AMOR”... o AMOR com letra maiúscula, intenso, que arde, que ferve, que dá vontade de mais e mais...o “amor” com letra minúscula, assim mesmo, puro, singelo, simples, que você sabe ser aquilo que é, aquilo que basta, singelo como a pétala de uma flor, puro como o pôr do sol, simples como as gotas da chuva... amor de pôr do sol, de companhia para qualquer indiada, aquele amor que dá valor para um cafuné gostoso que só as mãos do amado sabem fazer.
Amanda Fontoura

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

"Tudo tem sentido nos planos de Deus e mais ainda quando, imperceptivelmente, Ele muda radicalmente as nossas vidas, às vezes, sem sequer avisar.
Esteja sempre preparado para mudanças.
Deus não espera por poder agir celeremente em nossas vidas, quando para o bem."
No Coração de Deus - pensamentos diários


domingo, 30 de janeiro de 2011

Reação Em Cadeia - Serenade


Como eu queria
Passar a noite com você
E contar as estrelas lá no céu
E pegar na tua mão
Isso seria muito bom
Bom, bom, bom, bom, bom, bom
Bom, bom, bom, bom
Ver os teus olhos
Brilhando só pra mim
Teu sorriso me faz sentir assim
Como um pássaro no céu
Voando livre pelo ar
Isso tudo é muito bom
Bom, bom, bom, bom, bom, bom
Bom, bom, bom, bom
Toda vez que a noite cai
Eu me lembro de você
E as estrelas no céu a brilhar
O teu rosto junto ao meu
Vou sussurrar ao pé do teu ouvido
A canção mais bela que eu já fiz
Sentirá no coração
Que isso tudo é muito bom

sábado, 15 de janeiro de 2011

Homenagem

"Na vida, as coisas nem sempre são o que parecem ser, e se olharmos de diferentes ângulos, poderemos enxergar algo novo. Nós podemos também tomar pedaços e partes de várias coisas e juntá-las para construir algo original. Se pensarmos na vida como um caleidoscópio, poderemos ver a possibilidade das mudanças ao nosso redor.

Na próxima vez em que você estiver emperrado em alguma coisa e não conseguir ver a solução, ou sentir falta de criatividade, imagine que você está olhando para um grande caleidoscópio. Comece a girar as idéias, olhando para o problema de diferentes ângulos. Traga novos conceitos e veja como eles se combinam. Continue girando as imagens mentais até encontrar um padrão de que goste e então trabalhe com ele.

O pensamento caleidoscópico tem a ver com olhar para as coisas de diferentes perspectivas, juntando o velho com o novo, disposto a mudar tudo se a possibilidade se apresenta.

Com o pensamento caleidoscópico, podemos nos desvencilhar de como as coisas deveriam ser, para expandir-nos em novas realidades. Mas é importante que nesse processo você não busque uma imagem pré-definida como resultado. Abandonar o controle é o exercício.

Você pode, em sua vida, assim como girar um caleidoscópio, estar preparado para ver e aceitar qualquer nova imagem que surja, a partir das combinações dos elementos que já estavam lá - como as partículas coloridas dentro do brinquedo. Esse é o princípio do pensamento caleidoscópico. Para exercitá-lo, é necessário que você se desprenda, libere os atuais conceitos cristalizados, as convicções, para encontrar uma nova resposta." - Elen de Oliveira

Ontem eu estava no velório e na cerimônia de cremação da Elen quando um filme começou a passar em minha mente.
Aquelas coisas que a gente nunca pensa (mas que eu já havia pensado em outras ocasiões), tomaram conta de meus pensamentos. Ao ver a reação das pessoas diante do caixão, eu pensava: "Calma, gente...não acabou...parem de nutrir a dor quando, na realidade, a dor da Elen passou..."
Depois que começamos a entender algo sobre a vida após a vida, as coisas ficam mais fáceis.
É...coisa de maluca? Sim, muitos de vocês podem assim julgar, mas tenho em minha cabeça como quero que seja minha despedida corpórea aqui da Terra. Muito cedo para pensar nisso? Não, de forma alguma...para desencarnar basta estarmos encarnados...ou seja, o último suspiro pode vir a qualquer momento. Quero música, quero orações de agradecimento pela minha estada aqui, quero todo mundo de branco, quero ser cremada e que minhas cinzas sejam jogadas lá do alto do Templo Budista em Três Coroas.
Não é nada absurdo pensar nisso. É fato!
Mas também ocorreu-me que se eu desencarnasse ali, naquele momento, muito coisa teria ficado para trás. Eu que sempre tive sede de vida, de viver tudo aqui e agora, de sentir emoções diariamente...não poderia desencarnar hoje. Não, hoje não! Algo ficaria inacabado. Quero muita coisa ainda aqui nesta vida. Quero começar a trabalhar logo no que mais amo. Quero a alegria de engravidar novamente e poder ver meus filhos crescerem. Quero ver os cavalos livres das carroças. Quero ver uma política efetiva de proteção aos animais. Quero ver as famílias não abandonarem os idosos nos asilos. Quero ver o pôr do sol muitas vezes. Quero dançar muito zouk e muita salsa! Quero ler muitos livros, ouvir muita música, quero aprender a tocar algum instrumento. Quero acordar de madrugada, pegar o carro e ir ver o sol nascer na praia. Quero acordar com alguém fazendo cafuné nos meus cabelos. Quero acordar alguém com café na cama muitas vezes. Quero muita coisa...quero todo amor que houver nessa vida, para mim e para você! Estou fazendo minha parte, e você? Vamos viver hoje o que há para viver e agradecer à Deus a cada dia a mais em nossas vidas!

P.S.: Se quiserem ver algo mais sobre o trabalho da Elen, entrem no site: http://www.tripcaleidoscopica.blogspot.com/








sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

VOCÊ COME HAMBURGUER?


Um vídeo beeemmm de leve pra você que come carne...
É bem suave mesmo, vai fundo e assiste, pq depois posterei uns mais pesadinhos para sua consciência ficar "bem tranquila".
Tá, tudo bem...hoje estou meio com espírito de porco...mas é que as vezes é bom alfinetar...hehehe
Cada adepto que ganho, é uma vitória animal! Menos animais morrem em prol dos desejos humanos e, de quebra, sua saúde melhora!